Tag Archives: apaixonados

Papo ON/OFF – Backstreet Boys na minha vida.

22 mar

Oi, gente!

Assim, o papo de hoje é interdiscursivo, se é que posso chamar assim.

Tenho pra mim que ninguém conhece alguém na balada ontem a noite e quando é hoje de manhã vai lá no cartório e se casa. (Se alguém por acaso fez isso, me manda um e-mail contando como foi que já tá concorrendo à nossa promoção!)

Bom, voltando. Todo mundo até resolver por casar tem uma looooooooonga história de amor e até de encontros e desencontros pela frente, né verdade?!

Resolvi refletir sobre uma parte da minha que envolve adivinha quem?!

Sim, sim: Nick, (na época) Kevin, Brian, AJ e Howie D. *gritos histéricos meus para o último nome mencionad0*.

Os Backstreet Boys…

Posso voltar aos meus 16 anos?! Ahhhhhhhhhhhhhhh!!!!! Amo essa foto, tenho o poster enooooorme dela!!! Morro de ver as coxas do Kevão!!!!!!!!!!

Posso voltar aos meus 16 anos?! Ahhhhhhhhhhhhhhh!!!!! Amo essa foto, tenho o poster enooooorme dela!!! Morro de ver as coxas do Kevão!!!!!!!!!!

Já que eu já confessei que ouço Cidia e Dan escondido, que que tem eu confessar que ah: desde 2000 até hoje eu AMO Backsteet Boys!
Pronto falei!
Como teve show deles no começo do mês e infelizmente não pude ir, afinal moro no interior do Brasil e tenho uma vida acadêmica pra cumprir, acho que nada mais justo do que prestar a minha homenagem a eles aqui no blog, expressando por meio de minhas palavras como eles fizeram e fazem parte da minha história de vida e sobretudo com o Dudu.

Relacionamentos não têm sempre uma “trilha sonora”?! BSB tá na nossa!

Basicamente 1 música marcou demais a gente. Chama-se “More Than That” e quem não conhece, o clipe é este:

Bom, nosso primeira idéia de paquerinha surgiu com um p*** mal entendido ocorrido com essa música *hoje, santo mal entendido!*

Isso lá em meados de 2001… Dois adolescentes de 16 anos, do 2º ano do Ensino Médio, nerds, cheios de dúvidas e sonhos e que estudavam que nem uns condenados pra entrarem na Federal.

Eu, apaixonada pelos Backstreet Boys… e pelo Dudu! E ele… Com o saco cheio de me ouvir falando de Backstreet Boys e… apenas querendo minha amizade!

Naquela época os tempos eram outros… Bons tempos!

A gente comprava poster, CD, DVD, Revista Capricho… Juntava dinheiro,  batia ponto na banca depois da aula só pra ver se tinha algo de nossos ídolos nas revistas.

Não havia Orkut, MSN, câmera digital e internet eram coisas de poucos… e pra poucos.

Não se baixava arquivos, nem se salvava fotos com o simples toque no botão direito do mouse.

Trocávamos fotos, comprávamos coisas.

Era tudo material e não “virtual” como hoje!

Amigos passavam bilhetes e escreviam cartinhas, não mandavam scrap.

Fotos demoravam a ser reveladas e nem sempre ficavam boas…

Photoshop era coisa de Revista Playboy não de computador doméstico.

Celular era Gradiente e tinha composer pra compor toques personalizados que mais pareciam música daquelas “caixinhas de música”, mas que exibíamos orgulhosos aos colegas.

Chique era ter discman e ouvir o mesmo cd mil vezes…

Não havia mp’s nem toda essa facilidade de hoje…

A juventude sonhava, acreditava, amava lutava mais por algo por mais tempo… Hoje, tudo muda de um dia pro outro!

É…

Foi esse tempo bom que não volta mais que desenhou a minha adolescência.

Eu tinha mania de mandar por carta letras de músicas que eu gostava para os meus amigos, como uma forma de eles sempre se lembrarem de mim ao ouvi-las.

Foi com uma cartinha dessas que mandei a letra de “More Than That” pro Dudu numa boa…

Só que eu não imaginei que ele ia contar pras minhas amigas e pra mim (depois) que tava achando que o envio daquela letra tinha “segundas intenções”…

Eu enviei na boa, sem intenção de paquera, mas oh os Backtreet Boys dando um empurrãozinho sem saber…

Baby, you deserve much better
What’s the use in holding on
Don’t you see it’s now or never
‘Cause I just can’t be friends…”

Traduzindo a canção toda:

http://letras.terra.com.br/backstreet-boys/80925/

E neste lapso meu… (Se é que posso chamar de lapso) que essa música ficou marcada até hoje como uma de nossas canções, pois foi o primeiro passo para começarmos a namorar.

Não foi depois da cartinha que começamos o namoro, mas foi a partir dessa música que tudo ficou mais forte, inclusive nossos sentimentos… Nos recorremos a esta letra muitas e muitas vezes em nosso namoro pra remeter a momentos bons e resolver os ruins… E esta música, aparentemente tão simples, é para nós carregada de significações em cada verso que nos remete a quase 10 anos de convivência e amor…

Acho que se for pra resumir nosso amor em uma frase seria “I will love you more than that”, pois, a cada dia nos amamos mais, de uma forma mais madura e plena.

Então, pra quem acha que Backstreet Boys é coisa de adolescente do passado, saiba que uma história de amor muito especial foi embalada por uma simples letra de música, simples e especial como nosso relacionamento.

E vocês? Qual é a música do casal?! Conte-me!

Beijos,

Com carinho

Naná.

P.S.: E como diria o Howie: “KEEP THE BACKSTREET PRIDE ALIVE!”



Anúncios